Lilypie Kids birthday Ticker Lilypie Kids Birthday tickers
Ser mãe: O papel da minha vida
Quinta-feira, 31 de Março de 2005
Rituais para adormecer
Horas de dormir. Trago-a para a minha cama e senta-se em cima de mim para uma história: a primeira história. «... nasceu a princesinha e o reino festejou... a bruxa má... picar num fuso... e as fadas madrinhas "oh que desgraça"...» Neste ponto a Matilde leva as mãos à cabeça. Pois, oh que grande desgraça! Mãos na cabeça.
Já não me lembro se chegámos ao "viveram felizes para sempre..."

Depois da história: «Agora vamos fazer ó ó. Deita aqui com a mãe bebé.» Ouviu "ó ó", levantou-se, saíu da cama, abriu a porta do quarto que estava encostada, acenou adeus, fechou a porta e foi ter com o pai para a sala. E eu fiquei no ó ó.

Para a minha filhota a hora de dormir é ao colinho do pai a ver um livrinho da colecção "Dicionário de imagens dos bebés", que adora. Por isso falei-lhe no ó ó e foi-se embora. Se já falasse dizia: duuhhh!

Ontem a tia Andreia ofereceu "O gato tagarela" e "Os transportes". Fomos visitá-la. Ai que tia babada.


publicado por Motherblog às 09:33
link do post | comentar | favorito
|

Festa de anos
Parabéns primo Rodrigo.


publicado por Motherblog às 08:35
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 28 de Março de 2005
Desce e sobe, sobe e desce de Páscoa
Fomos passar a Páscoa lá acima a casa do meu pai, mas o meu marido tinha de trabalhar e só podia ir no Sábado de manhã. Eu fui na quinta à tarde (que o governo deu a tarde aos seus governados...) e a Matilde... ficou cá com o pai!

As justificações eram boas: eu precisava de descansar e dormir duas noites inteirinhas, o pai ficava mais tempo com ela, a avó passava a Sexta-Feira Santa a mimar a pimpolha que não via há uma semana. Mas quando, na quinta-feira, a deixei de manhã no Infantário saí de lágrimas nos olhos. Não sei se com saudades antecipadas ou com a consciência pesada... Acho que era o peso na consciência.

Mas fui. E soube-me muito bem! Descansei, passeei, não troquei fraldas, nem acalmei choros, nem lavei biberons (mas também não dei beijinhos nas bochechas doces...), ri, descontraí - que era coisa que não fazia desde a viagem a Paris. Claro que, sábado de manhã, estava ansiosa por que chegassem.

Quando me viu fez um sorriso lindo! E eu derreti. Minha linda!

Esteve muito bem disposta, comeu bem e dormiu bem. Mas é uma canseira!!! A casa tem degraus por todo o lado: da cozinha para a sala, da sala para o sótão, da sala para a casa de jantar, SOCORRO! E a miúda adora descer e subir. Não parou. Desce e sobe, e sobe e desce, desce e sobe e sobe e desce.

Valeram o avô, a avó e a tia Mónica que deram ajuda preciosa... e muito mimo.

Foi uma Páscoa no campo, em família, muito agradável, muito sossegada, com sabor a férias antecipadas.

O pior...
... é que já acabou.


publicado por Motherblog às 00:48
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 24 de Março de 2005
Páscoa grande
Fim-de-semana grande. Iupi! Boa Páscoa.


publicado por Motherblog às 10:43
link do post | comentar | favorito
|

Mais e mais e mais gracinhas. Tanta baba dos papás!
O pai e eu estávamos no sofá e a piolhinha andava eléctrica pela casa a arrumar, a desarrumar e a tirar coisas do sítio para levar para outro. A certa altura ouvimos barulho no quarto e aparece ela com as minhas botas nas mãos. Ajoelha-se aos meus pés, descalça-me as pantufas e calça-me as botas (com ajuda, claro!). Eu e o pai babadíssimos a olhar para ela. (Como é que ela sabia que eram as minhas botas?...) No fim levanta-se, olha para nós, sorri e bate palminhas a ela própria. Todos batemos. Viva!

Trepa para o carrinho troca-fraldas e tira os dodots. Lá vai ela pela casa a limpar tudo o que encontra. Mas a chucha é que tem de ser bem limpinha. Pega cuidadosamente com uma mão e limpa todos os bocadinhos de chucha. Depois mostra-nos como está limpinha, ri e põe na boca.

... também gosta de varrer. Não há vassoura que lhe escape.


publicado por Motherblog às 10:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Quarta-feira, 23 de Março de 2005
Pazes feitas
Ao fim da tarde atirou-se para os meus braços como se nada fosse.
A educadora disse que se portou lindamente, não pode é ser contrariada... que quando é contrariada se atira para o chão a fazer birra, ou teima em fazer o que quer. Pois, eu sei, tenho-a lá em casa. Contei isto ao pai. E o pai ri todo orgulhoso agarrado à filha: «Isso mesmo, personalidade forte, faz valer a tua vontade!» Boa pai!

Esta noite foi santa. A tosse fez um intervalo até de manhã e nem a ouvi. Quando acordei às 3.30 pensei que já fosse de manhã. Como nunca consigo dormir mais de 2 horas de seguida, dormir das 23 h até às 3.30 pareceu-me uma noite inteira, um luxo. Agora dá para imaginar como é que anda a minha cabeça?!


publicado por Motherblog às 09:41
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Terça-feira, 22 de Março de 2005
Mas afinal quem é que manda? Sei lá...
Noite má. Tosse. Dores de barriga. Tosse. Soro, nahrinel, xarope à força.
Birra para dormir, birra para acordar, birra para vestir, birra para lavar a cara, birra para pôr creme, birra, birra, birra. Xarope. Colher de xarope que voa, roupa acabada de vestir suja de xarope. Palmada.

Deixei-a no colégio. Quis ir para o chão (coisa que nunca tinha feito, passa do meu colo com dificuldade para outro colo), virou-me costas e nem adeus me disse. Ficou zangada.

Mau feitio...


publicado por Motherblog às 14:28
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Coceguinhas à mãe
A cair de sono. Sentada na minha barriga. Estou deitada. Lembra-se de me puxar a camisola do pijama para cima e fazer-me cócegas. Mas cócegas mesmo! Rimos às gargalhadas. Adormeceu perto da meia-noite...


publicado por Motherblog às 09:23
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 19 de Março de 2005
Homenagem ao pai da minha filha
Porque quando nasceu e olhaste para ela as lágrimas te correram.
Porque com menos de um dia já encaixava no teu colo como se fosse o meu.
Porque biberons e fraldas entraram no teu dia-a-dia, noite-a-noite.
Porque cuidaste dela logo que nasceu para eu dormir descansada.
Porque aprendeste a aliviar as dores das cólicas com massagens suaves.
Porque quiseste dar banho ainda nem tinha caído o cordão umbilical.
Porque limpaste o cordão sem caretas.
Porque sorris sempre que olhas para ela.
Porque lhe vestes as camisas ao contrário.
Porque tapas as nódoas com um casaco por cima.
Porque refilas quando não lhe lavo a cara logo a seguir a comer.
Porque aspirar o nariz é tão comum como ligar a televisão.
Porque não te esqueces das vitaminas no biberon da meia-noite.
Porque a hora do banho é sempre uma festa.
Porque as gargalhadas são contagiantes quando brincam juntos.
Porque tens sempre tempo para ela.
Porque te derretes e repetes como é linda.
Porque és um pai atento.
Porque te preocupas se comeu bem.
Porque perguntas logo se na escolinha esteve bem.
Porque morres de saudades quando estás longe.
Porque falas dela com orgulho.
Porque te apaixonaste irremediavelmente.
Porque és um pai maravilhoso.
Porque és pai da minha filha.
Porque te amo.

Obrigada


publicado por Motherblog às 16:18
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Dia do Pai
Hoje é dia do pai.

Do pai da minha filha e do meu pai.

Para o pai da minha filha comprei o livro: "Embora lá Pai", um conjunto de actividades, brincadeiras e jogos para pais e filhos fazerem juntos.

Ao meu pai vou dar este blog. Para estar mais próximo da neta, que vê poucas vezes, para saber do que ela mais gosta, para se rir com as gracinhas, para se lembrar de quando eu era pequena, para se emocionar com os miminhos, para a conhecer melhor.

Feliz dia do pai!


publicado por Motherblog às 13:15
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

Matilde 11 anos

Gustavo - 8 anos

2014

A minha cama tem mel

Cheirinho a Verão

Aniversário do pai

Brincadeiras no carro

A Primavera chegou

Um ano no colégio novo

Passagem de ano

arquivos

Dezembro 2014

Novembro 2014

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

Dezembro 2003

blogs SAPO
subscrever feeds